Banhos Terapêuticos – Uma prática, múltiplos benefícios. - Capins Da Terra

Banhos Terapêuticos – Uma prática, múltiplos benefícios.

Simmm enfim o post saiu (o coro canta aleluia ao fundo hahaha) e espero muito que vocês possam (ainda hoje se der) começar a enxergar o banho com outros olhos e/ou aprimorar as práticas dessa terapia que é simples porém poderosa.

Lembrando que devemos voltar nossa atenção quanto ao consumo de água. Eu sei que é uma delícia desfrutar de um bom banho, mas consciência é (muito) necessário! Nadaaa de largar o chuveirão ligado enquanto faz seus rituais, a ideia aqui é ser prático e eficaz sem exageros e irresponsabilidades!

Bem, começamos então escurecendo as referências e dando graças aos ancestrais do antigo Egito porque caso você não saiba, registros identificam que as primeiras práticas de banho individual com a proposta de purificação do espirito-corpo (por que nós pretes já tínhamos a consciência da saúde integral) apareceram no antigo Egito por volta de 3000 a.C. Os povos do antigo Egito são conhecidos por sua assiduidade que transgredia as classes sociais da época. As práticas de banhos eram feitas 3x ao dia por todos, fato que colaborou muito para a não proliferação de doenças.. coisa que acontecia por exemplo na Europa. Isso além da criação das tecnologias às voltas da higiene... Seja do próprio sabão e outros cosméticos, até o próprio sistemas sanitário incluindo o formato da privada que você conhece hoje. O restante todo foi cópia , aprimoramento da tecnologia ancestral preta e que infelizmente consiste no embranquecimento (roubo) e deturpação da história.

Sim tudo parte daqui.


(A tumba 175 da necrópole de Tebas - Lado Norte - Preparo de ervas e processos de autocuidado.)


(Caixa de utensílios para autocuidado no antigo Egito)
 
Agora que já sabemos a quem agradecer por tanta tecnologia e práticas preciosas....

O QUE SÃO BANHOS TERAPÊUTICOS?

A palavra terapia vem da palavra Therapheia que significa “o ato de curar” sendo  assim na "tradução livre" – banho com a finalidade de curar.
Você deve tá se perguntando, “Mas o banho comum que eu já tomo hoje já não tem essa finalidade? Afinal nos limpando da sujeira já não estamos nos curando?” “O que o faz tão especial ao ponto de merecer um post só dele?”

Eu explico... Aqui vamos falar das demais práticas que podem ser introduzidas ao banho que o tornam mais potentes e/ou específicos para um determinado proposito.

Como disse no terceiro parágrafo, os povos do antigo Egito já sabiam, desenvolviam e aprimoravam cada vez mais as técnicas as direcionando para a finalidade desejada. Hoje em dia revisitamos seus ensinamentos e adaptamos a nossa realidade, afinal imagino que boa parte das leitoras e leitores não tem uma banheira em casa por exemplo, ou não podem passar um dia todo num SPA para práticas terapêuticas toda semana... ou até mesmo nunca o fizeram assim como eu. Isso não quer dizer que você não possa acessar essas metodologias mesmo que no chuveiro da sua casa! Vamos fazer do nosso banho um momento especial não só de limpeza física-espiritual, mas de (re)conexão.

A ÁGUA E A TEMPERATURA

Você acreditando ou não nas propriedades energéticas, a água por si só em seu pleno movimento já traz o efeito da purificação, neutralização e renovação. Ela carrega em si todo o poder da transmutação e ciclicidade. Repare, é impossível sair de um banho (por mais breve que ele seja) com o mesmo aspecto que entrou. Percebemos mais uma vez então que um banho “apenas” com água já é um banho terapêutico e dependendo de sua temperatura ela pode trazer diferentes benefícios veja só:

O USO DE ERVAS, ÓLEOS E SABÃO:

As ervas, óleos e sabão no banho já eram práticas naturais dos banhos no antigo Egito (como já falamos) e embora tudo pareça muito ou um pouco mais complexo (exceto pelo sabão industrializado que já faz parte da nossa rotina desde a primeira infância), o uso dos óleos essenciais e ervas são fáceis de serem introduzidos aos nossos banhos.

-ERVAS AROMATICAS PENDURADAS NO BANHEIRO: Durante nosso banho quente, é natural que surja o vapor. Com as ervas aromáticas penduradas ali, esse vapor bate em sua superfície e libera óleos essenciais que podem não só colaborar com a limpeza energética do ambiente como promover melhoras de dores no corpo, melhora em nosso humor e ânimo, relaxamento e melhora na respiração. Eu tenho normalmente folhas de eucalipto penduradas no banheiro que ajudam a aliviar o estresse, melhorar a respiração e por ser uma erva oxigenadora, favorece a ciclicidade energética do banheiro (mais abaixo vou falar sobre a energia do banheiro). Você pode pendurar também:
.Lavanda- melhora na respiração, dores de cabeça, relaxamento e equilíbrio energético.
.Alecrim- melhora na respiração, melhora no humor e limpeza energética.
.Capim-Santo – melhora no sono, relaxamento intenso e limpeza energética.

-SABÃO: O ideal é que você faça o menos uso possível de sabonetes industrializados por conter ingredientes muitas vezes prejudiciais a pele ou de marcas que você confie (de preferência veganas). Nosso corpo produz naturalmente óleos protetores e o uso desses sabonetes podem realizar a limpeza ignorando esses agentes defensores. Importante conhecer as marcas e sua procedência. Eu faço o uso de sabonetes como da Kurandé marca 100% artesanal do RJ parceira Capins da Terra e da NVAA marca também parceira com produtos destinados à região íntima feminina. Inclusive tem cupom NVAA de desconto no final!!! <3

-BANHO DE ERVAS: A variedade de compostos herbais para banhos é infinita! Tudo parte da finalidade e intenção que pode ser desde os mais procurados como limpeza energética, amor e prosperidade... como mais específicos direcionados por terapeutas holísticos ou guias espirituais. Os banhos são ferramentas onde o verdadeiro combustível para materialização do proposito é nossa fé combinada com as ações diárias. Costumo orientar as pessoas que me procuram nesse aspecto para não esperem “dar ruim” para vir a tomar um banho de ervas e sim, façam o uso dessa ferramenta com periodicidade, como forma de prevenção e de manter-se em equilíbrio. Aqui tem nosso catálogo de banhos pré-montados e o passo a passo para que você possa começar a praticar. Lembrando que a partir do momento que você for evoluindo nas práticas e no autoconhecimento, pode com a orientação de livros e terapeutas criar seus próprios compostos. O maior agente transformador é você.

Além do banho de ervas para todo corpo faço também o uso de ervas para banho de assento, vaporização e escalda-pés. Para banho de assento eu uso com frequência a combinação que temos aqui e escalda pés aqui.  Mas além deles, faço minhas próprias combinações assim como para vaporização e banho corporal. A periodicidade de cada um varia de acordo com o momento, porém para vaporização (por ser um método interno e que mexe com os registros pessoais guardados em seu ventre) eu sugiro que você tenha um acompanhamento para inicialização das práticas. Recomendo o insta da @mariachantal que se aprofunda mais neste assunto. 

-ÓLEOS: Aqui vou falar do uso de óleos essenciais. Da mesma forma que as plantas penduradas que dependem do vapor para liberação dos óleos contido nas folhas, o óleo essencial utiliza do vapor como carreador onde no banho sua principal forma de atuação dá-se pela inalação. Aqui temos que ter muito cuidado com a quantidade de óleo para que não haja intoxicação. Pouquíssimas gotas (3) já fazem sua função. Você pode pingar no próprio chão do box ou em algum recipiente próprio. Como tenho problemas respiratórios, estou sempre trabalhando com ervas que aliviem os sintomas como hortelã, alecrim e eucalipto. A lavanda é outra que está sempre no meu uso para diminuição da ansiedade e equilíbrio. No período pré menstrual uso o de anis que me ajuda a equilibrar os hormônios e a laranja que diminui a ansiedade e pensamentos depressivos.
 

CRISTAIS:

Ainda não tenho estudo suficiente em cristaloterapia para falar profundamente sobre o assunto, então recomendo a página da @metodocristal que é especialista no assunto e a @kiumbe.ixi. Eu iniciei minha jornada nos cristais pelo estudo dos chakras, e com eles comecei a trazer cada cristal para o banho afim de equilibrar minhas energias e potencializar minhas intenções. Hoje em dia uso muito o quartzo verde e o rosa que estão ligados ao 4° chakra e ametista que está ligado ao 7°. Uso também a selenita não só para limpar os cristais como nos próprios banhos e defumações com essa intenção.


ACESSÓRIOS:

Acessórios inciais podem ser simples: Bucha natural, uma escova de limpeza para o corpo e/ou rosto, uma bacia para os banhos de assento, para os corporais bacia + caneca e cumbuca mistura das ervas ou para vaporização ou para aplicação do óleos essenciais.

A ENERGIA DO BANHEIRO:

Por se tratar um lugar que ocorre naturalmente o descarrego energético, o banheiro por si só carrega todas essas memórias de parede, ou seja, nele fica registrado tudo aquilo que você elimina diariamente. É um local da casa que deve-se manter com a porta fechada e realizar limpeza energética semanalmente e purificação diária. Uma forma de limpar energeticamente esse espaço é colocando sal grosso nos ralo, com uma defumação (sal grosso e carvão) ou como lavagem (lavar o chão com sal grosso). A purificação pode ser feita com incensos ou difusores de ambiente (aromas e ervas: alecrim, arruda, bejoim, cedro, eucalipto, mirra e verbena). Faça a manutenção energética do seu banheiro tal qual faz física. Isso faz com que ele não enfrente uma sobrecarga e comece a fazer o efeito contrário.

RESUMINDO....

Para um bom banho terapêutico na real, não é necessário TUUUDO ISSO (voz da Jay – entendedores entenderão hahaha), desde que a sua intenção, pensamentos e energia estejam elevados e conectados. Todos os itens são potencializadores e favorecem no direcionamento, você pode ir adicionando um a um... daí cabe ao seu propósito.

Ahhh e não esqueça: SEMPRE que você for realizar os banhos de ervas, assento, vaporização, escalda-pés ou algum ritual seja de mentalização mais prolongada - chuveiro DESLIGADO.

QUERO COMEÇAR HOJE COMO FAÇO?

Para começar (caso você não tenha nenhum dos itens citados acima) sugiro que você traga sua mente para o presente durante o banho e no momento que for se ensaboar (com chuveiro desligado), passe por todas as regiões do seu corpo agradecendo, com afeto, admiração e amor. Se for um dia difícil, mentalize que a cada momento que você esfrega seu corpo você também elimina tudo de ruim que lhe aconteceu naquele dia e que a mesma água que limpa seu corpo também limpe e purifique seu espirito. Caso você tenha alguns dos itens, use sua intuição para ligar cada um ao momento que vai se proporcionar.


Traga sempre os melhores sentimentos para seu banho!

Se perdoe e seja grata(o) sempre!

Que a força das águas, do verde e o poder (auto)curativo sempre estejam com vocês! ♡

   

Texto: Flávia Barbosa 

 

 

_________________________________________
Referências:

Livro: Banho- Histórias e Rituais – Renata Ashcar e Roberta Faria 2006
Livro: Banhos poderosos – Odé Kileux & Vera de Oxaguiã 2017
Foto¹ Beleza e saúde no antigo Egito – Trabalho Acadêmicos do primeiro período de História da Arte: Escola de Belas Artes – UFRJ – Rio de Janeiro/Rj, 2018.
Foto² Fascínio Egito - Higiene 

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.